UM COMENTÁRIO APROFUNDADO DA LIÇÃO, PARA FAZER A DIFERENÇA!

Nossa intenção é possibilitar um aprofundamento, tópico a tópico, do conteúdo das lições da EBD, para você aprofundar sua fé e fazer a diferença.

Classe Virtual:

Sente o coração compungido em contribuir com o nosso Ministério? Faça isso de forma simples, pelo PIX: 69381925291 – Mande-me o comprovante, quero agradecer-lhe e orar por você (83) 9 8730-1186 (WhatsApp)

21 de novembro de 2019

(JOVENS) Lição 8: A CURA DE ENEIAS E A RESSURREIÇÃO DE TABITA


ANO 10|Nr 1.351|2019
LIÇÕES BÍBLICAS CPAD JOVENS - 4º Trimestre de 2019
Título: Poder, Cura e Salvação - Comentarista: Henrique Pesch
▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
L I Ç Ã O  8
24 DE NOVEMBRO DE 2019
A CURA DE ENEIAS E A RESSURREIÇÃO DE TABITA
▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
TEXTO DO DIA
“Mas Pedro, fazendo-as sair a todas, pôs-se de joelhos e orou; e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos e, vendo a Pedro, assentou-se.” (At 9.40)
▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
SÍNTESE
Quando o líder cristão cumpre fielmente o seu Pedro, na unção do Espírito Santo, foi usado por Deus para curar um paralítico e ressuscitar uma mulher. Esses milagres fizeram com que muitos cressem no Senhor Jesus.
▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
TEXTO BÍBLICO
Atos 9.32-43
▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
INTRODUÇÃO
||Como é maravilhoso ver um homem ou uma mulher sendo usados pelo Senhor para mudar situações adversas, e glorificar o nome de Jesus. No relato do livro de Atos que estudaremos na lição desse domingo, Pedro, um dos principais apóstolos, torna-se o canal pelo qual Deus usou para curar um paralítico e ressuscitar uma mulher. Não importa se o necessitado é um homem ou uma mulher ou a classe social a que pertence; quando um crente chega na autoridade do nome de Jesus coisas extraordinárias acontecem (Mc 16.18). Esse relato bíblico tem algumas lições preciosas para nós, pois nos mostra que em cada caso de necessidade, há uma oportunidade para o serviço, a fim de que o nome do Senhor seja exaltado||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- Pedro seguia em uma viagem missionária levando o evangelho do Senhor Jesus a toda criatura e em uma de suas paradas ele se deparou com um homem que há oito anos padecia em cima de uma cama. Vamos apreciar os dois milagres operados através de Pedro e ver que Deus usa situações difíceis e adversidades para fins de aprimoramento, crescimento espiritual e sobretudo, a glória do Seu Nome. Bom estudo e crescimento maduro na fé cristã!
▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
I – A CURA DE ENEIAS
||1. Uma cidade chamada Lida. Esta era uma cidade da tribo de Benjamim, na planície de Sarom, quase na fronteira com Judá, que foi reocupada depois da volta do cativeiro. Era chamada de Lode no Antigo Testamento (1 Cr 8.12; Ed 2.33; Ne 7.37). Posteriormente caiu sob o domínio dos samaritanos, mas foi reconquistada pelos judeus em 145 a.C. Foi incendiada nos tempos de Nero e diz-se que o curso de água fora da cidade ainda leva o nome de Abi-Butrus (Pedro) em memória do apóstolo. Foi destruída novamente por Vespasiano e provavelmente não foi reconstruída até a época de Adriano, quando recebeu o nome de Diospolis. Provavelmente foi evangelizada por Filipe, por estar na estrada que ia de Azoto a Cesareia, caminho pelo qual passou segundo relato de Atos 8.40||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- A Cidade de Lod que é conhecida também pelo seu nome grego Lida. “Lida ou Lod é uma cidade de Israel, no distrito Central, com 67 000 habitantes. Nesta cidade encontra-se o maior aeroporto de Israel, o Aeroporto Internacional Ben Gurion. É uma cidade de maioria judaica, com uma expressiva minoria árabe”(Wikipédia). Há indícios arqueológicos que indicam sua existência desde 5000 a.C., mas foi oficialmente fundada pelos israelitas conforme está descrito em 1 Crônicas 8.12: “E foram os filhos de Elpaal: Éber, Misã e Semede; este edificou a Ono e a Lode e os lugares da sua jurisdição”. Leia mais aqui.

||2. Jesus é quem cura. E foi na cidade de Lida que Pedro passou visitando os santos que habitavam naquela localidade. Ali ele achou Eneias, um homem que jazia em uma cama há oito anos, pois era paralítico. Então Pedro diz ao paralítico: “Eneias, Jesus te dá saúde; levanta-te e faze a tua cama. E logo se levantou” (At 9.34). É interessante que Eneias foi curado mesmo sem pedir a cura. No Antigo Testamento, temos algo semelhante com a sunamita, que era estéril e, mesmo sem pedir a sua bênção, o profeta Eliseu disse que ela seria mãe, o que de fato aconteceu (2Rs 4.8-17). O fato é que o Senhor é que cura e Pedro deixou isso bem claro àquele homem. Não foi Pedro, e o dom de curar não é por mérito ou por algum sacrifício. Jesus tem poder para curar e Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente (Hb 13.8), porém Ele não divide a sua glória com ninguém (Is 42.8). ||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- O uso da expressão "certo homem" para descrever Enéias indica que ele era descrente. Sua paralisia era incurável devido ao limitado conhecimento de medicina na época. Nesse relato podemos ver o exercício do dom espiritual da cura - a manifestação sobrenatural do Espírito de Deus curando e libertando. Note que não é Pedro quem cura, mas o poder de Deus é que destrói o trabalho do pecado e do diabo no corpo humano, semelhantemente às curas que Jesus realizou, também outorgou autoridade em seu nome para os discípulos fazerem o mesmo (Mt 4.24; 15.30; At 5.15-16; 28.8-9). O dom da cura dado à igreja é observado principalmente em 1 Coríntios 12, onde os dons espirituais são listados. Notadamente, Enéias não pede nada a Pedro, no entanto, qual enfermo não clama a Deus pela cura? A sunamita não pediu nada a Eliseu, isso não quer dizer que não o tenha pedido a Deus, o que fez certamente, já que para uma judia não poder ter filhos era a maior maldição. Eliseu, como profeta de Deus, foi o canal usado pelo Eterno para responder aquela mulher. Paulo diz à igreja que o propósito dos dons espirituais é edificar outros crentes e, de fato, glorificar a Deus. A cura de Enéias teve esse propósito.
Realizar milagres em nome de Jesus é uma dádiva! O poder sem dúvida alguma vem do alto, mas a ministração neste caso, estava vindo através de pessoas que no Juízo Final serão rejeitadas pelo Senhor. Veja, não são apóstolos, nem seus associados. São pessoas que no nome de Jesus fazem todas estas coisas. Este versículo por acaso não se refere a todas as pessoas que viveriam desde o ministério de Cristo na terra, até o fim da era da igreja? Sim! Isto significa que os dons de realizar milhares, incluindo cura estão disponíveis para serem feitos no nome de Jesus.” (esquinapentecostal)

||3. Fazendo a cama. Pedro não apenas falou para o paralítico que Jesus o curava, mas para que ele se levantasse e fizesse a cama. E Eneias logo e se levantou (At 9.34). Às vezes, podemos estar em meio a situações complicadas, que nos prendem, porém Deus pode nos curar, libertar e restaurar. Eneias estava acamado há oito anos; não podia mais se movimentar e fazer o seu leito. Mas quando Jesus o curou, finalmente ele pôde ter controle e “arrumar” aquilo que o prendia. Assim Deus faz conosco. Quando Ele libera uma palavra de restauração a nosso favor, temos condições de retirar aquilo que nos aprisiona. Qual é a cama que você precisar arrumar em sua vida? Frente a qual situação você se sente impotente? Saiba que Jesus pode alcançá-lo e restaurá-lo, assim como ele fez com Eneias||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- A ordem de Pedro tem um sentido: provar que Jesus efetuou aquela cura; era como se Pedro dissesse: “dê agora uma prova completa de que Jesus Cristo te fez inteiro, levantando e arrumando a tua cama”. Enéias estava em casa e, portanto, não foi ordenado, como o paralítico, a levantar-se da cama; mas ele foi ordenado a fazê-la, arrumá-la de novo, para que todos possam ver que a cura foi perfeita.
Enéias não tinha mais saúde e quem sabem já tinha perdido até a expectativa de vida, porém, Pedro sendo enviado de Cristo se coloca diante daquela cama e diz: Jesus te dá saúde, levanta-te e faz sua cama! E todos que viram aquele milagre se converteram ao Senhor Jesus! Não espere ver para crer, creia sem ver! Não compare seu problema com Deus, Ele é infinitamente maior que qualquer luta que você esteja enfrentando, Ele e só Ele pode transformar sua vida, basta crer em seu filho Jesus, ter fé e visualizar sua vitória antes mesmo de ela acontecer! Não importa a gravidade do fato e sim, confiar no Nome de Jesus, porque nele há poder!” (devocionalpalavradedeus)
▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
II – UMA DISCÍPULA CHAMADA TABITA
||1. Uma mulher de boas obras. Na cidade de Jope, havia uma discípula chamada Tabita, cujo nome em grego é Dorcas, e significa “gazela”. Essa palavra era usada como símbolo de beleza e graciosidade. Esta mulher era muito amada pela comunidade cristã em Jope, pois fazia boas obras e ações de caridade. Dorcas fazia roupas para os pobres, embora não pareça que ela possuía muitos bens. Tiago afirma que a verdadeira religião é cuidar dos órfãos e das viúvas em suas necessidades (Tg 1.27). Sabemos que a salvação não vem pelas obras, mas pela graça de Deus e fé em Cristo Jesus (Ef 2.8,9). Contudo, Deus nos salvou para que as nossas boas obras resplandeçam diante  dos homens (Mt 5.16)||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- Dorcas foi uma das muitas mulheres que Deus nos deixou como exemplo nas escrituras. Viúva, foi uma piedosa cristã em Jope, a quem Pedro restaurou a vida (At 9.36-41). Ela era uma judia helenista, chamada Tabita pelos judeus e Dorcas pelos gregos. Em grego Dorkas (δορκας), provavelmente significa “gazela”. Dorcas era uma serva de Deus que revelava compromisso com o Mestre. Dorcas é um exemplo na Bíblia de como devemos viver nossas vidas. A Palavra de Deus afirma que há pessoas de quem “o mundo não é digno” (Hb 11.38). Ou seja, gente especial, útil, que dignifica a existência humana. Prova disto é que a igreja em Jope decidiu buscar em Deus algo até então inédito: a ressurreição da discípula morta. Inédito porque, desde que Jesus fora para o céu, este milagre ainda não havia acontecido.
- Tiago escolhe dois adjetivos sinônimos para definir o tipo mais impecável de fé religiosa — aquele que é medido pelo amor compassivo (Jo 13.35). As crianças que haviam perdido os pais e as mulheres que haviam perdido o marido, formavam e formam, um segmento especialmente necessitado dentro da igreja (1Tm 5. 3; Êx 22.22; Dt 14.28-29; SI 68.5; Jr 7.6-7; 22.16; At 6.1-6). Uma vez que eles normalmente não podem retribuir o favor, o cuidado deles demonstra claramente o amor cristão verdadeiro e sacrifical. Uma vida piedosa dá um testemunho convincente do poder salvador de Deus. Isso lhe traz glória (1Pe 2.12).

||2. Discípulos também enfrentam adversidades. Dorcas era uma discípula fiel de Jesus reconhecida por suas obras de amor. Assim como Deus operava maravilhas por meio dos apóstolos, Ele operou também por intermédio de Dorcas. Os atos de amor dessa serva de Deus são uma manifestação do Espírito Santo tanto quanto os milagres. Contudo, mesmo uma discípula bondosa como Dorcas não está isenta de passar por adversidades. Ele ficou enferma e morreu. Lázaro, um amigo íntimo de Jesus, também adoeceu e morreu (Jo 11.1-11) e Paulo, a quem o Senhor chamou para uma obra especial, foi abandonado por todos (2 Tm 4.16). O próprio Senhor Jesus disse que passaríamos por aflições, independente do nível de relacionamento com Ele.  Mas Jesus também disse para termos bom ânimo, pois Ele venceu o mundo (Jo 16.33). E se estamos em Cristo, podemos nos considerar, apesar das lutas, mais que vencedores (Rm 8.37)||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- “Adversidade pelo dicionário significa má sorte, infelicidade e, a verdade, é que durante a vida, estamos sujeitos a passar por aflições, lutas e dores, mas isso não significa que a vida é desastrosa ou cruel. Na caminhada diária, nos deparamos com todo tipo de situações, muitas são boas, evidentemente, mas outras medem nossas forças físicas, mentais e espirituais. A Bíblia fala que: “no mundo tereis aflições…” – Jo 16.33, e cita personagens que passaram por grandes desafios. Homens que andaram pela fornalha, foram jogados em cavernas com leões, e descreve até mesmo o Filho de Deus, que foi presenteado com pregos, coroa de espinhos e uma fria e dolorosa cruz. Na carreira de cada personagem desses descritos acima e de tantos outros, percebemos que todos passaram por adversidades, mas superaram suas lutas, porque “Adversidade na vida do cristão não é sinônimo de derrota, de queda, de desgraça ou infelicidade, adversidade na vida do cristão é a oportunidade dele aprender, crescer em sua fé e, principalmente, conhecer o poder de Deus””. (Adversidade para o cristão é sinônimo de oportunidades)
A pedagogia de Deus utiliza recursos amargos para nos ensinar e muitas vezes enfrentamos adversidades, mas estas, apesar de difíceis, não passam de oportunidades de melhoria, aperfeiçoamento, maturidade. Passar por lutas é normal e inevitável, sempre passaremos por elas. Se estivermos passando por lutas, isso não implica infelicidade, castigo, mas sim filhos que estão sendo tratados por Deus, amadurecidos na vida e aperfeiçoados em tudo.
Quando Deus permite que passemos por lutas, ele está querendo provar o coração (Jr 17.10); ensinar a perseverança (Hb 10.36); nos dar algo melhor (Tg 1.12). Ele faz uso dessa metodologia porque nos ama e deseja que sejamos melhores a cada dia.

||3. O empenho dos irmãos. Ouvindo os discípulos de que Pedro estava perto de Jope enviaram dois irmãos rogando-lhe para ir até lá ver Dorcas (v. 38). É notável perceber o quanto essa irmã era querida e o esforço dos amigos em ir buscar Pedro, mesmo após ela ter falecido. Esses irmãos se assemelharam àqueles quatro homens que não mediram esforços para subir com um paralítico num telhado, descendo, em seguida, por cordas à frente de Jesus (Mc 2.1-5). Ou ainda as irmãs de Lázaro que mandaram chamar Jesus em outra cidade, porque o seu irmão estava enfermo (Jo 11). No caso de Dorcas, a fé dos amigos era ainda maior, pois ela já estava morta. Para esses discípulos que percorreram em torno de 15 Km a pé até Lida, a esperança consistia em encontrar Pedro e trazê-lo. É assim que devemos agir em prol de nossos irmãos que estão em  dificuldades. Façamos tudo o que está em nosso alcance para trazer-lhes esperança, crendo no milagre do Senhor||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- Atos.
- Caminharam em torno de 16 quilômetros até chegarem em Jope e encontrar Pedro. Assim como o esforço persistente e até agressivo dos amigos do paralítico foi prova visível da fé que eles tinham de que Cristo podia curar, estes discípulos demonstraram fé, cuidado e esforço, a fim de ajudar um membro da igreja que estava em necessidades, nesse caso, morte - embora o costume fosse sepultar o corpo imediatamente porque um cadáver era considerado algo profano para um judeu, os crentes de Jope tiveram outro plano: chamar Pedro – que fé! estes santos na igreja de Jope tinham ouvido falar sobre o poderoso ministério do apóstolo Pedro, na cidade vizinha de Lida e pensaram que talvez Deus pudesse realizar um milagre em Lida.
▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
III - A RESSURREIÇÃO DE TABITA
||1. Preparando o ambiente. Quando Pedro chegou  ao local onde haviam colocado o corpo de Dorcas, todas as viúvas o rodearam chorando e mostrando as roupas que ela fizera. Porém Pedro fez todas saírem do ambiente. Essa cena também encontra semelhança com aquela da ressurreição da filha de Jairo (Lc 8.51). Pedro era um homem de fé que cria no poder de Deus, mas não queria por perto pessoas duvidosas, céticas e nem mesmo vencidas pelo lamento e tristeza. Estava disposto a deixar o ambiente propício e desimpedido para que o milagre acontecesse. Quando estamos em busca de um milagre, precisamos nos preparar, acercando-nos apenas de pessoas de fé que creem que Deus tem poder para mudar a situação. Jesus disse que se crermos veremos a glória de Deus (Jo 11.40)||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- Através da ressuscitação de Dorcas, muitas vidas foram sacudidas de seu sono interior e se entregaram a Jesus. Aquele lugar de luto voltou a ser lugar de vida; um lugar de festa. Onde Deus está operando, torna-se um lugar bom para se viver. Todos querem estar onde o poder de Deus é sentido. Pedro foi um discípulo aplicado de Jesus. Ele procedeu exatamente como o Mestre na casa de Jairo (Mt 9.25). O apóstolo pediu que todos saíssem do quarto, a fim de interceder e exercer a fé no nome de Jesus. Ele sabia que a incredulidade impede a obra de Deus (Hb 3.12; 4.11). Para que o milagre seja notório e muitos possam crer no agir de Deus (At 9.42), a incredulidade precisa ser urgentemente afastada do nosso meio. Somente assim, o Senhor terá a liberdade de manifestar o Seu poder e a fé de muitos será despertada (Mt 13.58).

||2. Agindo no poder da oração. Após ter feito todas as pessoas saírem do quarto, Pedro se colocou de joelhos e orou (At 9.40). Ele já havia testemunhado o Senhor Jesus ressuscitar a filha de Jairo (Mc 5.35-43) e Lázaro (Jo 11.1-45). Tinha ainda em sua memória as palavras do Mestre, de que teriamos autoridade e que esses sinais nos seguiriam (Mc 16.17-20). Depois de orar, Pedro se volta para o corpo de Dorcas e diz: “Tabita, levanta-te”||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- “Pedro foi imediatamente a Jope e foi para a sala superior, onde ele viu as viúvas que haviam se beneficiado muito com os trabalhos de Tabita. Estavam todos chorando, e disseram a Pedro: “Olhe para todas essas roupas que Tabita fez para nós. Ela nos amava e nos ajudou muito, gastando seu tempo e dinheiro a nosso favor.  Nós  nos  beneficiamos  muito  com  essa  irmã,  e agora  ela  não  está  mais conosco.  Pedro,  você  pode  fazer  algumas  coisa?”.  Em  seguida,  Pedro  seguiu  o exemplo  de  Jesus  em  circunstâncias  semelhantes.  Mandou  todos  saírem  do aposento (Mc 5.40).589 Em seguida, Pedro fechou a porta e se ajoelhou para orar, sozinho  com  o  corpo  de  Talita.  O  que  você  acha  que Pedro  estava  pensando enquanto  orava?  Tenho  certeza  que  ele  estava  se  lembrando  de  quando  ele, juntamente  com  os  outros  apóstolos,  foi  enviado  pelo  Senhor  Jesus  Cristo,  com autoridade, para curar os doentes e ressuscitar os mortos (Mt 10.8). Lucas  acrescenta  agora,  como  pequenos  toques  vívidos,  que  ela  abre  os olhos,  olha  para  Pedro,  e  senta-se  (At  9.40).  Este  é  o  primeiro  exemplo registrado uma ressurreição dos mortos por um discípulo de Jesus.” (ipbtabuazeiro)

||3. “E muitos creram no Senhor”. O milagre aconteceu! Ao som das palavras de Pedro, Tabita abriu os olhos e assentou-se na cama. O milagre foi notório por toda Jope e “muitos creram no Senhor” (v. 42). O propósito dos milagres sempre será a exaltação do nome do Senhor e levar pessoas a crerem no Filho de Deus. Por maior que fosse a alegria daqueles cristãos, especialmente das viúvas, de terem de volta a “gazela”, o mais importante era o avivamento espiritual que isso causaria. Tabita um dia morreria novamente, mas aqueles que criam no Senhor já teriam assegurada a vida eterna em Cristo Jesus (Jo 17.3). A cidade de Jope era rodeada de muitas vilas e aldeias e dificilmente essa extraordinária notícia não chegaria a todas elas||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- O milagre aconteceu! O maior milagre não foi a ressurreição de Tabita, mas o fato de que “muitos creram no Senhor” (v. 42). “Qual foi o resultado da ressurreição de Tabita? Lucas declara que “muitos” creram no Senhor (At 2.43, 47; 4.4; 5.12, 14; 8.6; 9.33-35). Este foi o maior milagre! Os olhos de muitos foram abertos. Eles foram libertados a partir do poder e da escravidão de Satanás e levados para o reino de Deus. Através da cura de Eneias e da  ressurreição  de  Tabita,  as  portas  do  inferno  foram  destruídas  e  Jesus  Cristo marchou triunfante, salvando todos os que haviam sido destinados para a salvação eterna .” (ipbtabuazeiro)

 ▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪▫▪
CONCLUSÃO
||As histórias de Eneias e Tabita demonstram que Deus tem poder tanto para levantar um paralítico como para ressuscitar um morto. Ambos os milagres evidenciam como um homem de Deus, cheio de fé, pode ser canal na realização de grandes coisas, especialmente de trazer restauração espiritual às pessoas. Precisamos fazer mais notórias as maravilhas do Senhor entre as pessoas e não nos envergonhar do Evangelho, que é poder de Deus (Rm 1.16). Que possamos viver o que o salmista diz: “Louvai ao Senhor e invocai o seu nome; fazei conhecidas as suas obras entre os povos” (Sl 105.1)||. [Lições Bíblicas CPAD, Revista Jovens, 4º Trimestre 2019. Lição 8, 24 Novembro, 2019]
- Estes dois relatos de milagres realizados pelo apóstolo Pedro foram usados por Deus para transformar vidas ressequidas e sem esperança; Não havia esperança nas regiões de Lida e Jope, mas onde não havia esperança, Deus milagrosamente manifestou o Seu poder e realizou o que ninguém jamais poderia fazer.
Pb Francisco Barbosa