Classe Virtual:

24 de fevereiro de 2015

Adultos_1Trim2015_Lição 9: NÃO ADULTERARÁS

Lição 9
1º de março de 2015

LIÇÃO 9: Não Adulterarás


TEXTO ÁUREO
“Eu, porém, vos digo que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar já em seu coração cometeu adultério com ela” (Mt 5.28).

VERDADE PRÁTICA
O sétimo mandamento diz respeito à pureza sexual e à proteção da sagrada instituição da família, assim como o mandamento anterior fala sobre a proteção à vida.

LEITURA DIÁRIA
Segunda - Gn 2.21-24
O casamento foi instituído por Deus antes da queda no Éden
S
Terça - Pv 6.32,33
O adultério destrói a reputação e deixa cicatrizes indeléveis
T
Quarta - Jr 29.20-23
O adultério é uma prática insana com consequências funestas
Q
Quinta - Ml 2.14
Deus exige fidelidade entre marido e mulher
Q
Sexta - Mt 19.4-6
O plano divino desde o princípio era monogâmico
S
Sábado - Mc 10.11,12
No NT, adultério é qualquer relação sexual extraconjugal
S


LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Êxodo 20.14; Deuteronômio 22.22-30.
Êxodo 20
14 - Não adulterarás.

Deuteronômio 22
22 - Quando um homem for achado deitado com mulher casada com marido, então, ambos morrerão, o homem que se deitou com a mulher e a mulher; assim, tirarás o mal de Israel.
23 - Quando houver moça virgem, desposada com algum homem, e um homem a achar na cidade e se deitar com ela,
24 - então, trareis ambos à porta daquela cidade e os apedrejareis com pedras, até que morram; a moça, porquanto não gritou na cidade, e o homem, porquanto humilhou a mulher do seu próximo; assim, tirarás o mal do meio de ti.
25 - E, se algum homem, no campo, achar uma moça desposada, e o homem a forçar, e se deitar com ela, então, morrerá só o homem que se deitou com ela;
26 - porém à moça não farás nada; a moça não tem culpa de morte; porque, como o homem que se levanta contra o seu próximo e lhe tira a vida, assim é este negócio.
27 - Pois a achou no campo; a moça desposada gritou, e não houve quem a livrasse.
28 - Quando um homem achar uma moça virgem, que não for desposada, e pegar nela, e se deitar com ela, e forem apanhados,
29 - então, o homem que se deitou com ela dará ao pai da moça cinquenta siclos de prata; e, porquanto a humilhou, lhe será por mulher; não a poderá despedir em todos os seus dias.
30 - Nenhum homem tomará a mulher de seu pai, nem descobrirá a ourela de seu pai.

OBJETIVO GERAL

Apresentar o sétimo mandamento, ressaltando o intento de Deus em favor da família.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: Abaixo, os objetivos específicos referem-se aos que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.
  • I. Tratar a abrangência e o objetivo do sétimo mandamento.
  • II. Mostrar o real significado da infidelidade.
  • III. Relacionar alguns pecados sexuais segundo a lei divina.
  • IV. Analisar o ensino de Jesus acerca do sétimo mandamento.



Preciso de sua ajuda para continuar escrevendo os subsídios. Se você tem sido ajudado semanalmente com estes comentários, e deseja que eles permaneçam sendo disponibilizados, clique aqui e saiba como ajudar: Mantenha este Blog!

COMENTÁRIO

INTRODUÇÃO

O sétimo mandamento condena o adultério e a impureza sexual com o objetivo de proteger a família. A Bíblia não condena o sexo; a santidade dele é inquestionável dentro do padrão divino, mas sua prática ilícita tem sido um dos maiores problemas do ser humano ao longo dos séculos. O sétimo mandamento é tratado de uma maneira na lei, e de outra na graça. Um olhar no episódio da mulher adúltera (Jo 8.1-11) mostra que tal preceito foi resgatado pela graça e adaptado a ela, e não à lei. [Comentário:  Normalmente quando pensamos em adultério, automaticamente pensamos em um homem sendo infiel a sua esposa, ou vice versa. No entanto, este mandamento é muito mais amplo e profundo do que apenas isso. Ele engloba não somente o campo da experiência sexual humana, e seu relacionamento conjugal, que sem dúvida é um assunto muito preocupante, mesmo porque vivemos em uma época em que a sexualidade, e suas expressões, são cada vez mais explicitas em nossa sociedade. No entanto este assunto pode ser mais abrangente quando tratado do ponto de vista do adultério espiritual contra Deus inclusive. O sétimo mandamento continua atual porque o mundo está às avessas, dizendo "não" a tudo aquilo que Deus diz "sim” na sua Palavra, e "sim" a tudo o que a Bíblia diz "não". O resultado é o caos social que estamos vivendo. Esta lição é urgente para nós, isso por que, entendemos o adultério como a relação sexual de um homem casado com uma mulher que não é sua esposa e vice-versa. O mundo sem compromisso com Deus aceita tal prática como normal, mas a Palavra de Deus declara: "Não adulterarás" (Êx 20.14; Dt 5.18). Este mandamento vai muito além da cópula extraconjugal. Nele está a proibição de toda a forma de prostituição; é Deus dizendo "não" a todas as concupiscências desnaturais, imaginações e pensamentos impuros e lascivos (Mt 5.27, 28).] Convido você para mergulharmos mais fundo nas Escrituras!

23 de fevereiro de 2015

JOVENS_LIÇÃO 9: EU CREIO QUE DEUS TRANSFORMA O HOMEM


LIÇÕES BÍBLICAS JOVENS

1º Trimestre de 2015
Lição 9
1º de março de 2015

LIÇÃO 9: EU CREIO QUE DEUS TRANSFORMA O HOMEM


TEXTO DO DIA
“Esta é uma palavra fiel e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal” (1 Tm 1.15). [Paulo não havia esquecido o que ele tinha sido. Ele não se gloriava de si mesmo, mas sim no Deus que o redimira e que o mudara.]

SÍNTESE
A transformação que Deus opera no ser humano, por intermédio da salvação e da atuação do Espirito Santo, deve ser visível a todos.

AGENDA DE LEITURA
Segunda - Uma nova criatura (2 Co 5-17)
S
Terça - Nascido do Espírito (Jo 3.6)
T
Quarta - Novo nascimento Jo 3-7)
Q
Quinta – 0 poder transformador de Jesus (Jo 2.1-10)
Q
Sexta - A transformação de um publicano (Lc 19.8,9)
S
Sábado – Transformação interior (Mt 23.28)
S


TEXTO BÍBLICO
Atos 9.1-5
1 E Saulo, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote
2 e pediu-lhe cartas para Damasco, para as sinagogas, a fim de que, se encontrasse alguns daquela seita, quer homens, quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém.
3 E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu.
4 E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?
5 E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões.
1 Timóteo 1.12-14
12 E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus, Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ministério,
13 a mim, que, dantes, fui blasfemo, e perseguidor, e opressor; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade.
14 E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e o amor que há em Jesus Cristo.

OBJETIVOS

  • I.   CONSCIENTIZAR-SE da necessidade de uma transformação.
  • II  RECONHECER o poder transformador de Jesus.
  • III.IDENTIFICAR a ação do Espírito Santo na transformação do homem.



COMENTÁRIO

INTRODUÇÃO

Uma das maiores virtudes do Evangelho é a transformação de pessoas. Essa transformação ocorre de dentro para fora, e abrange o caráter e os hábitos da pessoa que teve um encontro com Cristo. Isso ocorre por meio do novo nascimento, quando uma pessoa aceita a Jesus como seu Salvador e Senhor, recebe o perdão dos pecados e passa a ter o Espírito Santo morando dentro de si, guiando seus passos e fazendo-o viver como uma nova pessoa.  [Comentário: O que é Nascer de novo? É o significado exato de regeneração (veja Jo 3.3, 7; 1º Pe 1.3, 23). Esta expressão supõe um nascimento anterior, um primeiro nascimento, em relação ao qual a regeneração é o segundo. Se observarmos a diferença entre os dois nascimentos, os conceitos ficarão mais claros. Esses nascimentos são opostos entre si: o primeiro vem de pais pecadores e acontece à imagem deles; o segundo vem de Deus e acontece à imagem dEle. O primeiro é de semente corruptível, o segundo, de incorruptível. O primeiro acontece em pecado, o segundo, em santidade e justiça. Por meio do primeiro nascimento, os homens são corrompidos e depravados; pelo segundo, eles se tornam consagrados e começam a ser santos. O primeiro nascimento é carnal; o segundo é espiritual, transformando os que passam por ele em homens espirituais. Por meio do primeiro nascimento, os homens são loucos e insensatos; nascem como crias de asnos monteses. Por meio do segundo nascimento, eles se tornam instruídos e sábios para a salvação. Por meio do primeiro nascimento, eles são escravos do pecado e das paixões carnais: sua condição de escravo é inata. Por meio do segundo nascimento, eles se tornam os libertos de Cristo. Por meio do primeiro nascimento, eles são transgressores e seguem um caminho de pecado, até que são interrompidos pela graça. No segundo nascimento, eles param de cometer pecados, isto é, param de seguir o caminho de pecado, passando a viver em santidade. Sim, aquele que é nascido de Deus não vive em pecado. Por meio do primeiro nascimento, os homens são filhos da ira e estão sob o desprazer divino; no segundo nascimento, eles se tornam objetos do amor de Deus, sendo a regeneração o fruto e o efeito desse amor. Convido você para mergulharmos mais fundo nas Escrituras!

16 de fevereiro de 2015

JOVENS_LIÇÃO 8: EU CREIO NA IGREJA DE CRISTO


LIÇÕES BÍBLICAS JOVENS

1º Trimestre de 2015
Lição 8
22 de fevereiro de 2015

LIÇÃO 8: EU CREIO NA IGREJA DE CRISTO


TEXTO DO DIA
“Olhai, pois, por vós e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue” (At 20.28).

SÍNTESE
Deus preparou a Igreja como a Noiva do Cordeiro, e um ambiente em que os santos do Senhor possam viver em comunhão.

AGENDA DE LEITURA
Segunda - Fp 2.1
Formada por pessoas santas
S
Terça - At 12.5
Um grupo de pessoas que ora
T
Quarta - At 13.2
Um grupo de pessoas que jejua
Q
Quinta – Fm v.2
Havia igrejas em casas
Q
Sexta - Mt 16.18
Edificada por Cristo
S
Sábado – Ef 1.22
Jesus é 0 cabeça da Igreja
S


TEXTO BÍBLICO
Mateus 16.13-18
3 E, chegando Jesus às partes de Cesareia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?
14 E eles disseram: Uns, João Batista; outros, Elias, e outros, Jeremias ou um dos profetas.
15 Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou?
16 E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.
17 E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem -aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue quem to revelou, mas meu Pai, que está nos céus,
18 Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
1 Pedro 2.9,10
9 Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;
10 vós que, em outro tempo, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia.

OBJETIVOS

  • I.   CONSCIENTIZAR-SE do papel da igreja na sociedade atual.
  • II.  COMPREENDER os propósitos da igreja.
  • III. RECONHECER a relevância da igreja na sociedade do século XXI.





COMENTÁRIO

INTRODUÇÃO

Hoje estudaremos a respeito da Igreja de Cristo. Esse estudo faz parte da teologia, na esfera da eclesiologia. A Igreja é composta pelas pessoas que um dia aceitaram a Jesus como seu Salvador e Senhor, que buscam obedecer à grande comissão de fazer discípulos em todos os povos e adorar a Deus, obedecendo-lhe a vontade e transmitindo os ensinos da Bíblia a todas as pessoas.  [Comentário: “Igreja é um edifício construído com blocos e cimento? Não. É um edifício construído com pedras vivas. “Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo”(1 Pedro 2:5). Estas pedras vivas são chamadas santos e são membros da família de Deus: “Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito” (Efésios 2:19-22). A igreja é o Corpo de Cristo. Efésios 1:22-23 diz: “E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos.” O Corpo de Cristo é feito de todos os crentes desde o tempo de Pentecoste até ao Arrebatamento. Eclesiologia (do grego ekklesia e logos) é o ramo da teologia cristã que trata da doutrina da Igreja: seu papel na salvação, sua origem, sua disciplina, sua forma de se relacionar com o mundo, seu papel social, as mudanças ocorridas, as crises enfrentadas, suas doutrinas, a relação com outras denominações e sua forma de governo. Strong 1577 ekklēsía (a partir de 1537 / ek, "fora de e para" e 2.564 / Kaleo, "chamar") - corretamente, as pessoas chamadas para fora do mundo e com Deus, o resultado de ser da Igreja (o corpo místico de Cristo) - ou seja, o corpo universal (total) de crentes a quem Deus chama para fora do mundo e ao Seu reino eterno.]. “Convido você para mergulharmos mais fundo nas Escrituras!